Atendimento (92) 3622-0034

SEGUNDA A SEXTA-FEIRA DAS 14:00 ÀS 18:00

Email para contato

[email protected]

ESPECIALISTA RESPONDE - ENTREVISTA COM LUIZ FILLIPI CARDOSO

22/06/2020

Nesta semana, o quadro Especialista Responde entrevista o Economista e Consultor Financeiro Luiz Filipi Cardozo. Como tema, abordamos o cenário econômico no país no momento atual e o que podemos esperar no pós-pandemia.

Acompanhe!

Com essa pandemia, quais são as medidas econômicas que devemos tomar? Existe alguma previsão de como seremos afetados na economia a longo prazo por essa quantidade de comércios fechados e atividades que ficaram inoperantes?

A primeira medida econômica a ser adotada foi a manutenção de renda da população, e isso se deu por meio do Auxílio Emergencial no valor de R$600,00. A princípio, o benefício pode parecer irrisório, mas em uma situação de crise foi o responsável pela subsistência de milhões de famílias. A segunda medida diz respeito à manutenção de empregos. O governo optou pela flexibilização dos contratos de trabalho. Por fim, a garantia de crédito abundante para as empresas, por meio de bancos públicos é uma medida que, se bem aplicada, será responsável pelo reaquecimento da economia no retorno da atividade econômica.

Analisando o cenário do Brasil, o senhor acha que teremos uma recessão econômica acentuada no pós-pandemia? Como o senhor analisa esse cenário?

Sem dúvidas. As previsões do mercado indicam uma queda no PIB de até 6%, algo inédito na história econômica do país. Agora é o momento do Governo desempenhar o seu papel e promover políticas de estímulo econômico pra minimizar os efeitos do isolamento social e acelerar a recuperação.

Para as famílias cuja renda acabou ficando mais estreita por conta da crise econômica, seja por conta de algum membro desempregado, ou porque tiveram que fechar seus estabelecimentos nesse tempo de quarentena, o que pode ser feito para tentar se reestruturar?

É necessário elaborar um plano de emergência, de forma a estabelecer prioridades e metas. Além disso, todas as fontes de renda da família devem ser mapeadas. Novas fontes não devem ser descartadas. O momento é de apertar os cintos e aumentar a lista dos supérfluos. Primeiro é preciso garantir a Segurança Financeira Básica pra posteriormente constituir uma Reserva Para Eventualidades, assim a família começa a se reestruturar financeiramente.

O senhor acha que o empreendedorismo foi muito afetado pela pandemia? O que fazer caso o empresário não tenha como pagar aluguel ou suprir as despesas do seu negócio nesse primeiro momento?

Sem dúvidas sim. Porém, muitas empresas utilizaram o período da paralização econômica melhorar sua gestão e planejamento. A falta de controle financeiro já era responsável pelo fim de muitos empreendimentos e a pandemia ainda intensificará esse cenário. A palavra de ordem, neste momento de retomada, é: “renegociação”. Ela passa não apenas pela conversa com fornecedores e parceiros comerciais em busca de melhores condições de pagamento, mas também pela barganha por melhores prazos. Lembre-se de que os prazos normalmente concedidos em renegociações giram em torno de 60 e 90 dias, em um cenário atípico como este, deve-se buscar algo entre 120 e 180 dias, tempo suficiente para a geração de caixa para a empresa. Ainda assim, é preciso repensar estrategicamente o modelo de negócio e até mesmo alterá-lo, se necessário. As empresas não podem deixar de buscar ajuda profissional nem descartar uma consultoria financeira, por exemplo.

Antes falava-se em profissões do futuro. Nesse futuro pós-pandemia, existe alguma profissão ou área de atuação que tenha um cenário promissor?

As profissões que ganharão um maior impulso no período pós-pandemia são aquelas ligadas às áreas da Saúde, Finanças e Recursos Humanos. Estes profissionais passaram por uma valorização durante a paralisação econômica e serão cada vez mais necessários à retomada econômica. Médicos e Enfermeiros, Psicólogos, Diretores Financeiros, Consultores, Assessores de Investimentos, Planejadores Financeiros, e Gerentes Comerciais são apenas alguns dos exemplos.

 

Biografia

Luiz Filipi Cardozo é Economista e Consultor Financeiro e M. I. da ARLS Liberdade e Progresso Nº43.


Emitido em 21/09/2020 03:50