Atendimento (92) 3622-0034

SEGUNDA A SEXTA-FEIRA DAS 14:00 ÀS 18:00

Email para contato

[email protected]

Especialista Responde - René Levy Aguiar

29/09/2020

Com o agravamento dos casos de coronavírus no mundo todo, o cenário econômico dos países foi afetado. No Brasil, as medidas de isolamento social abalaram as atividades comerciais e, dentro desse quadro, o Estado do Amazonas, que passou por momentos críticos em virtude dos inúmeros casos da doença, sofre com as baixas de atividades turísticas e comerciais, cancelamento de grandes eventos, como o Festival de Parintins, e ainda com a falta de planejamento de subsistência para passar por momentos de profunda queda de arrecadação.

No âmbito de suas reservas naturais, o Estado possui um imenso potencial petrolífero e ainda de gás natural, sendo, atualmente o terceiro maior produtor de gás do país, responsável por 11% do volume total produzido, segundo dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Para entender melhor como ocorre o beneficiamento desse recurso natural dentro do Amazonas e de que forma essa atividade pode beneficiar economicamente o Estado, convidamos o diretor-presidente da Companhia de Gás do Amazonas (CIGÁS), Dr. René Levy Aguiar, para nos trazer esclarecimentos sobre o tema.